WHM/cPanel e sua nova política de cobrança de licenças, veja o que mudou

Em Agosto de 2019 o cPanel anunciou a mudança mais drástica conhecida pelo setor de Hospedagem de Sites, uma nova política para a forma que são cobradas as licenças cPanel que irá impactar de forma significativa todo o setor, vamos explicar o que houve e algumas medidas que poderão ser tomadas.

Mas o que o WHM/cPanel?

Trata-se de um painel de controle amplamente utilizado em hospedagens de sites, sendo oferecido junto aos pacotes e soluções das principais empresas de hosting do Brasil e do mundo. Uma plataforma onde o responsável administra o servidor e os sites dos clientes sendo possível o gerenciamento de arquivos, emails e demais itens pertencentes à um projeto online.

E o que muda nessa nova política de licenciamento?

A principal alteração se deve ao novo modo de cobrança e isso afeta diretamente à todos que utilizam essa plataforma desde os clientes à empresas, ao que se diz respeito ao limite de contas utilizado em cada plano e seus preços.

Antes do anúncio as licenças eram comercializadas da seguinte forma para Servidores VPS ou Cloud o valor era de U$ 15 e Servidor Dedicado U$ 45 independente da quantidade de contas neles cadastrados, agora com a nova política será cobrado por contas cadastradas, os valores variam entre plano “Solo” por U$ 15 com direito à apenas 1 conta e mais caro “Premier” com direito à 100 contas, lembrando que somente o plano “Premier” é compatível com Servidor Dedicado, vale ressaltar também que é cobrado valor adicional de U$ 0,20 para cada conta excedente do plano “Premier”.

A partir desta nova política de preços, um revendedor que use este plano e que tenha 200 contas de clientes criadas, representará ao hosting em que tem a sua revenda hospedada, mais de R$ 200,00 só de licença ao cPanel, o que é mais do que ele paga integralmente pelo serviço. Ou seja, licença poderá ser mais caro do que todo o restante da infraestrutura que ele tem (servidor, rede, outros sistemas, suporte, IPs, SSL, etc).

Os clientes de VPSs e servidores dedicados também podem ser duramente afetados, particularmente aqueles que têm mais do que meia dúzia de contas. Hoje, estes dois grupos pagam um valor fixo, sabido e acessível para ter uma licença cPanel em seus serviços. Com a mudança, calcula-se que o valor total de licenciamento poderá atingir os três dígitos, sempre tendo-se em mente o número de contas criadas.

Outra consequência direta, é que o valor é variável, pois o número de contas pode mudar de um mês para o outro. Com isso, manter contas de clientes inativos, passou a ser ainda mais custoso e até pode ter que se pagar por uma simples conta de testes.

Quando entra em vigor o aumento de preços?

A partir do momento no qual o novo licenciamento entrar em vigor, dia 1º de novembro de 2019 para clientes StoreHosting, uma vez que não existirão mais planos com número de contas ilimitados.

Os planos terão um limite de X contas e, para cada conta extra, será cobrado um valor unitário à parte.

No momento estão dispostos os planos com 1, 5, 30 e 100 contas, acima de 100 contas é cobrado um valor adicional para cada excedente.

Algumas observações importantes

  • Se antes um revendedor de hospedagem podia contratar um plano com uma margem de crescimento, baseando-se apenas no espaço em disco utilizado, agora também deve atentar ao número de contas que cada plano permite criar;
  • Evite criar sem necessidade ou contas de teste, particularmente se isso refletir-se em mudança de plano ou a necessidade de contratação de pacotes de contas cPanel adicionais;
  • Domínios adicionais e subdomínios dentro de uma mesma conta do cPanel, não são contabilizadas. Sendo assim, se dentro de uma conta do cPanel há 5, 10, ou mais domínios adicionais ou subdomínios, contam apenas como uma conta cPanel.

E para os clientes StoreHosting o que muda?

Ao sermos alertados pela cPanel da mudança em seu modelo de cobrança de licenças, contatamos aos nosso clientes de VPS e Servidores Dedicados. Todas novas contas já estão se enquadrando ao novo modelo.

Anteriormente, após a configuração do software cPanel no servidor contratado, era necessário adquirir apenas a licença do cPanel e configurá-la no servidor, onde a forma de pagamento era mensal.

Ainda se faz necessário adquirir a licença, entretanto, agora tais licenças são cobradas pelo número de contas hospedados dentro do seu servidor. Este modelo de cobrança foi alterado diretamente pelo fabricante da solução cPanel, não sendo possível a negociação ou alteração no formato ou valor de cobrança.

Existe alternativas ao cPanel?

Felizmente existem opções às situações nas quais a mudança de preço da licença cPanel terá direto impacto. Embora a plataforma seja bastante popular e muito usada, o mercado dispõe de interessantes alternativas para proteger seu bolso e manter a qualidade dos seus serviços. Existem diversos outros painéis de gerenciamento, nós já disponibilizamos o Virtualmin e VestaCP ambos gratuitos, porém o nível de recursos oferecidos por estes e até outros sejam menores que o cPanel como tal adquiriu essa confiança global dos clientes

 

Texto Adaptados

SecNetKingHost

Deixe seu comentário



Nginx
CloudFlare
Intel™
Cisco
cPanel™
CloudLinux